sexta-feira, 18 de julho de 2014

Tendência entre adolescentes cristãs, selfies sedutoras são criticadas por blogueira: “Vivemos numa cultura que treina a mente para a sedução”

Divulgação

A exploração da sensualidade na mídia funciona como uma espécie de bombardeio, e termina por influenciar pessoas de todas as faixas etárias e crenças. Com a ascensão de redes sociais exclusivamente voltadas para fotos, como Pinterest e Instagram, muitas adolescentes evangélicas publicam fotos em poses sociais, e esse fato gerou um movimento contra-cultura nos Estados Unidos.

Duas irmãs texanas lançaram o blog Girl Defined, em que se engajam contra o feminismo e a favor da distinção de gênero, como forma de frisar e manter “o propósito que Deus definiu” para as meninas.

“Infelizmente, vivemos em uma cultura que treina as nossas mentes para ver sedução como norma a partir de uma idade muito jovem. Basta dar uma rápida caminhada pelo shopping e você verá cartazes atrás de cartazes com modelos em poses sensuais. Desde a invenção do Pinterest, Instagram e outros aplicativos, imagem sensuais estão em nossa frente mais do que nunca”, diz Kristen Clark, uma das autoras do movimento.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Pesquisa mostra que pastores raramente abordam o tema violência doméstica em seus sermões

Divulgação

A ocorrência de violência doméstica no meio cristão foi tema de um estudo que constatou que, apesar da preocupação com o assunto, apenas 25% dos pastores acreditam que ela exista entre os fiéis que lideram.

Apesar de 72% dos pastores entrevistados pelo LifeWay Reserach entenderem que a violência doméstica é um problema social, muitos deles fazem muito pouco para conscientizar os homens sobre as consequências de agressões contra as mulheres.

O estudo mostrou ainda que 42% dos pastores entrevistados reconheceram que “raramente, ou nunca” abordam o tema em sermões ou palestras para a congregação, mas como forma de remediar, os casos de violência doméstica que são descobertos são tratados a nível pessoal. Outros 22% dos pastores dizem abordar o assunto uma vez por ano junto aos membros, e apenas 34% dizem falar sobre o tema com uma frequência menor, que pode variar de semanas a meses.

Enfrentar a questão em público é essencial”, afirma Justin Holcomb, um especialista neste tipo de abuso, segundo informações do Protestante Digital.

domingo, 13 de julho de 2014

Prestes a lançar filme sobre o Êxodo, o diretor Ridley Scott diz que não quer parar de fazer filmes baseados na Bíblia

Divulgação

O diretor de cinema Ridley Scott anunciou recentemente o seu mais novo trabalho: uma superprodução que contará a história do Êxodo. Empolgado com o projeto, que terá Christian Bale no papel de Moisés, o diretor anunciou em uma entrevista que pretende continuar fazendo filmes baseados em relatos bíblicos, e anunciou seus planos para um filme sobre o rei Davi.

Exodus: Gods and Kings (Êxodo: Deuses e Reis, em tradução não oficial), filme que Ridley Scott está prestes a lançar, será um épico que levará para as telas do cinema o relato bíblico do livro do Êxodo, que conta como Moisés conduziu o povo hebreu para fora do Egito.

Afirmando que não quer mais parar de produzir obras baseadas “no bom livro do Senhor”, Scott afirma que tem planos de escrever “David” (Davi), filme que seria centrado em seu reinado “pós-Golias” como rei de Israel.

Segundo o Huffington Post, o diretor ainda está decidindo qual será seu próximo trabalho, já que ele está escalado para dirigir os próximos dois filmes da franquia “Prometheus” e também “Martian” (estrelado por Matt Damon). Por isso, ele estaria indeciso se iria dirigir ou apenas produzir “David”.

Por Dan Martins - Via Gospel+

sábado, 12 de julho de 2014

Livro infantil distribuído em escolas públicas chama o diabo de “amigo” e Deus de covarde

Divulgação
Um livro distribuído nas escolas públicas do Brasil para estudantes matriculados no Ensino Fundamental se tornou o centro de uma polêmica na última semana, quando uma internauta divulgou imagens de trechos dos poemas, com supostas apologias ao diabo.

A Máquina de Brincar”, escrito pelo gaúcho Paulo Bentancur, traz uma série de contos em forma de poema, e entre eles, alguns em que o diabo é mencionado como “um bom parceiro”.

Divididoo em duas partes, “Para ler no claro” e “Para ler no escuro”, o livro foi escrito, segundo o autor, com a intenção de brincar com “o lado bom e o lado mau das coisas”.

Com poemas de títulos chamativos, como “O diabo que me carregue”, onde são feitos questionamentos sobre a existência de Deus, o livro compara Deus a uma criança medrosa e chama satanás de “amigo”: “Sossega! Vão falar mal aqueles que não estão contigo. Que não foram convidados pelo diabo, meu grande amigo”, diz um dos poemas.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Pesquisa revela que a maioria das pessoas acredita que “a religião pode resolver os problemas do mundo”

Divulgação
No mundo pós-moderno é comum ver pessoas creditando à religião a culpa pelos males da sociedade, como conflitos por intolerância e escândalos de corrupção nas igrejas, por exemplo. Porém, uma pesquisa mostrou que o pensamento de que a religião é negativa pertence a uma minoria.

O Instituto Gallup, um dos mais respeitados dos Estados Unidos, divulgou o relatório de uma pesquisa feita com norte-americanos dos 50 estados do país e que mostrou que 57% dos entrevistados acredita que a fé tem muito a contribuir com a sociedade.

Dentre os 1.028 entrevistados, a maioria entende que “a religião pode resolver todos ou a maioria dos problemas atuais” enfrentados pela sociedade.

Os que acreditam que a religião está desatualizada e prejudica as pessoas são apenas 30%. No entanto, o Gallup destacou que em 1957 esse número era inferior a 10%.

Repercutindo a pesquisa, o portal Charisma News afirmou que o dado mais animador da pesquisa é que, se feita uma análise com as opiniões daqueles que não pertencem ou se identificam com alguma religião, a maioria também disse acreditar que o caminho da fé pode solucionar todos ou a maioria dos problemas do mundo.

O estudo, infelizmente, não define ‘religião’, nem fornece qualquer repartição de quais crenças foram as mais presentes entre os entrevistados. O Gallup também não define o que são ‘problemas’ de hoje, deixando os inquiridos a responder com base nas suas próprias conclusões”, opinou o jornalista Alex Kocman, acrescentando que “enquanto muitos cristãos tenham medo de descrever a fé bíblica como uma ‘religião’, ainda não é hora de aposentar essa palavra ainda”.

Por: por Tiago Chagas - Via Gospel+

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Deputados da bancada evangélica mais que duplicam patrimônio; Jean Wyllys aumentou bens em mais de 220%

Divulgação
Os registros de candidatura às eleições de 2014 começam a revelar quanto os parlamentares eleitos em 2010 enriqueceram durante o atual mandato. No Rio de Janeiro, por exemplo, alguns dos deputados que possuem ligações com igrejas cristãs estão na lista dos que mais tiveram aumento de patrimônio.

O deputado federal e candidato a governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho (PR) teve uma evolução patrimonial chamativa, crescendo de aproximadamente R$ 80 mil em posses declaradas em 2010, para mais de R$ 303 mil em 2014, um salto de 378%.

Já o crescimento patrimonial do polêmico Jair Bolsonaro (PP) – que embora seja católico, tem profundas ligações com a bancada evangélica, inclusive atuando por muitos projetos em comum – foi menor: R$ 150%. Em 2010, o ex-militar declarou ter R$ 826 mil em bens, e agora em 2014 já admite somar R$ 2.074 milhões. O jornal O Dia destacou que entre os novos bens de Bolsonaro estão um micro-ônibus no valor de R$ 89 mil e uma moto náutica avaliada em R$ 46 mil.

Na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, o deputado Marcos Soares (PR), filho do missionário R. R. Soares, apresentou um crescimento patrimonial de 346%, saltando de 233 mil para R$ 1.041 milhão.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Boko Haram incendeia mais quatro igrejas na Nigéria e mata dezenas de fiéis

Divulgação

Os radicais islâmicos do Boko Haram incendiaram mais quatro igrejas na Nigéria, resultando em dezenas de mortes de fiéis no último domingo, 29 de junho.

O novo ataque aconteceu na aldeia Kwada, próxima à cidade de Chibok, onde mais de 200 estudantes foram sequestradas recentemente.

As testemunhas do ataque afirmaram que os cristãos que não morreram nos ataques às igrejas se esconderam no mato, despistando os extremistas.

De acordo com informações do The Blaze, a Polícia se disse incapaz de confirmar as informações sobre os mortos e destruição dos templos cristãos porque a comunicação é ruim na região e houve dificuldade de chegar ao posto de segurança mais próximo de Chibok.

O Boko Haram tem promovido diversos ataques terroristas contra cristãos na Nigéria. Seu plano é instaurar um estado islâmico no país (que tem a maioria da população formada por cristãos) e estabelecer uma legislação e educação condizentes com sua interpretação do alcorão.

Na última semana, os terroristas fizeram um atentado a um shopping center em Abija, capital do país, matando 24 pessoas, além de realizarem um novo sequestro de 60 mulheres e 31 meninos em aldeias na região de Kummabza.

Estes novos atentados sucedem o anúncio do governo nigeriano de ter detido 485 membros do Boko Haram, incluindo um “alto comandante” dos radicais. As forças de segurança do país anunciaram que realizaram a prisão do grupo quando interceptou um comboio de suspeitos de terrorismo no sul do estado de Abia.

Em meio ao caos perpetrado pelo Boko Haram, a seleção de futebol do país disputa a Copa do Mundo no Brasil, e enfrentou hoje a França, às 13h00 em Brasília (DF), pelas oitavas de final da competição.


Por Tiago Chagas - Via Gospel +